in

Tudo que você precisa saber para usar seu cartão de crédito

O cartão de crédito é um meio de pagamento com o qual você pode comprar muito do que deseja ou precisa, mas use-o com cautela e pode funcionar tão bem quanto dinheiro. Ele está no grupo de produtos financeiros denominado crédito ao consumidor. Mas o que é um cartão de crédito? É um meio de pagamento com o qual você pode fazer compras em estabelecimentos comerciais sem usar dinheiro.

A instituição financeira que emite o cartão empresta uma quantia em dinheiro, essa quantia é chamada de linha de crédito. Ao comprar com cartão, você usa o crédito e o recebe de volta quando paga o que deve.

A cada mês, a instituição financeira que emitiu o seu cartão lhe envia um extrato de conta, indicando o valor da sua dívida, os gastos que você fez, os juros que cobra, bem como o prazo para você fazer o seu pagamento. As instituições financeiras que emitem cartões de crédito também cobram uma taxa anual pela sua utilização.

Algo muito importante é que você leve em consideração as cobranças pelo atraso no pagamento do que você deve no seu cartão. É por isso que se recomenda que ao utilizar o cartão de crédito pague mais do que o mínimo e, se possível, pague tudo o que deve para não ter de pagar juros.

Qual a vantagem de pagar mais do que o mínimo?

A vantagem que você tem ao pagar mais do que o mínimo é que você mantém seu crédito atualizado e evita problemas com seu histórico de crédito. Preferencialmente, é bom que tente pagar pelo menos o dobro do mínimo.

Se pagar apenas o mínimo, pagará mais juros e demorará mais para quitar sua dívida. Se fizer um esforço maior para pagar, os resultados serão muito positivos. Por isso é sempre bom manter um controle sobre seus gastos.

Para ilustrar a importância do pagamento rápido do que você deve no cartão, veja este exemplo: se pagar o dobro do mínimo, pode terminar o pagamento em seis meses, e se paga apenas o mínimo levaria um ano e oito meses para saldar sua dívida. Se o que você comprou custou R$2.000 e você paga o dobro do mínimo a cada mês, vai acabar pagando R$2.234. E se pagar apenas o mínimo, vai acabar pagando R$3.290.

O que mais é preciso saber?

A insistência em que pague o máximo possível do mínimo de sua dívida é para evitar o pagamento de juros. Existe um termo, o de totalero, é algo que você deve assumir para seus pagamentos com cartão. Se fizer suas compras nos dias seguintes à data limite e quitar o total da sua dívida, para não gerar juros, mês após mês, você pode financiar até 50 dias sem pagar juros.

Lembre-se da data limite e do prazo de pagamento, para ter o controle de suas compras e pagamentos. A data limite é o dia em que o banco marca o fim de um período para registro das compras que você fez com seu cartão e, em simultâneo, estabelece o início de outro. É sempre no mesmo dia de cada mês e está marcado no seu extrato de conta.

Qual o prazo de pagamento?

O prazo de pagamento é o último dia que você tem para fazer o pagamento da sua dívida, no mínimo o pagamento mínimo, para manter sua linha de crédito em dia e que não sejam cobrados juros de mora ou comissões pelo não pagamento. Você tem até 20 dias corridos após a data limite para pagar.

Você não tem que esperar até o prazo final para liquidar. Lembre-se de que se você esperar e não puder pagar naquele dia, sua dívida aumentará.

Compras parceladas

O esquema de mês sem juros facilita a compra de produtos e serviços parcelados pelo mesmo preço se você comprasse à vista. Esses prazos variam de 6 a 18 meses. Antes de comprar neste regime, compare os preços nos vários estabelecimentos, para saber se o preço difere em meses sem juros e em dinheiro.

É importante que você não abuse das promoções para meses sem juros, pois os pequenos pagamentos podem se acumular e se tornar um enorme pagamento mensal. Algo que funciona muito bem é dividir o valor da compra pelo número de pagamentos e incorporar esse valor ao orçamento familiar. Se parar de pagar um dos pagamentos mensais, começará a pagar juros.

Se o seu cartão de crédito for roubado ou perdido e houver cobrança de taxas, você terá que pagá-los?

As instituições financeiras são obrigadas a reembolsá-lo por encargos que você não reconhece, desde que os informe no prazo de 90 dias corridos a partir da data em que foram efetuados e seja comprovado que você não fez as compras ou saques. Este crédito pode ser revertido se o banco comprovar que foi o titular quem autorizou a cobrança.

Ela deixou seu casamento para casar com um jovem de 23 anos. Anos depois ela descobre a dura verdade!

URGENTE: Aos 51 anos, INFELIZMENTE, chega triste comunicado sobre a atriz Claudia Rodrigues; confira